20 Mar 2009

Manifs


O PCP admite chamar ao Parlamento a administração da RTP se não for retirado um anúncio de 30 segundos à rádio pública, a Antena 1, que descreve como uma “ofensa” a “um direito fundamental” - o direito à manifestação.

É muito agradável que o PCP venha dizer publicamente que é ele que organiza as manifestações da CGTP.
Ora o que o anúncio mostra é um infeliz parado no trânsito para que uma manif avance.

Peguemos na última que teve duzentas mil pessoas ou cem mil ou ninguém conforme o ponto de vista, vindas de todos o Pais a manifestarem-se contra Sócrates na Avenida da Liberdade em Lisboa.
Mas os manifestantes excursionistas sabiam que Sócrates estava em Cabo Verde.
Então porque é que resolveram manifestar-se no centro de Lisboa em vez de o fazerem por exemplo em Pinhel?

Porque o que conta é a imagem, e se ela mostrar uma cidade como Lisboa paralisada então ainda melhor.
É a lei do quanto pior melhor.
E portanto o anúncio está mais que correcto e deve ser aplaudido.

3 comments:

Anonymous said...

Concordo plenamente, Fado.Os que não se querem manifestar também têm direitos.Pode uma contra-manifestação impedir a passagem da outra?

Fado Alexandrino said...

Não, não pode.
Só se for uma manifestação de qualquer grupo de direita que essa sim é contra os interesses do povo.

jukitas said...

"Então porque é que resolveram manifestar-se no centro de Lisboa em vez de o fazerem por exemplo em Pinhel?"
Bem, podiam realmente fazer a manifestaçao noutro sitio. Tipo no centro do PAIS.
Tornava-se mais acessivel para todos LOL
Também não seja assim...
O transito..
oh oh