3 Mar 2015

A redacção do menino Mário

Ficamos a saber muitas coisas.
Que Roma era um Estado.
E que a Grécia é muito muito antiga, do tempo de Roma ou mesmo mais.
Que não foi o Doutor Jorge Miranda, nem o Doutor Boaventura, nem sequer o Professor Marcelo que nos criaram, não senhor os nossos Pais foram Roma e Grécia.
E por isso o Bloco de Esquerda apoia muito os casais gays porque eles produzem frutos muito bons.
Depois a redacção avança e reconta a História do Lobo Mau, agora como uma Loba.
E quem é a Má.
A senhora Merkel que quer comer a Grécia, depois de já ter comido Portugal, Espanha, Itália e outros Estados europeus, mais ou menos atingidos. 
De alguns apenas foram comidas as partes nobres, alcatra, pojadouro, acém.
Depois avança para conceitos elaborados de finanças.
Paga as tuas dívidas quando puderes, e entretanto faz novas dívidas.
Termina com fraterno abraço a um senhor que vai melhorar a desgraçada Grécia, ou o que resta delas depois de ter sido comida num refogado pela Loba Má.
O menino Mário é muito esperto e vai longe.

Buy old masters. They fetch a better price than old mistresses -- Lord Beaverbrook

 
 
Essencialmente é isto que o filme Big Eyes demonstra plenamente.
Margaret D. H. Keane (born Peggy Doris Hawkins; 1927) dedicou a sua vida a pintar quadros com crianças onde os olhos transmitiam a melancolia e tristeza necessárias para comover as carteiras de pessoas endinheiradas.
Não teria tido o sucesso mundial se um encontro casual não a colocasse em rota de colisão com um estupendo aldrabão com olho para o negócio que a convenceu a pintar em regime industrial que ele se encarregaria de elevar a cotação no mercado.
E assim se fez.
Um belo filme, uma bela história duas interpretações de alto nível.
Não perca, está por ai em exibição.
A partir daqui avisa-se há spoilers e recordamos o ultra famoso quadro que decora 90% das paredes lusitanas na versão masculina "O menino com lágrima no olho".

1 Mar 2015

Museu do Ar - Sintra - BA1



Há quase quinhentos anos, o Senhor Torto pensou fazer uma coisa direita.
Sonhou.
E atirou-se de cabeça
Quase que ia dando, mas nessa altura como agora ficou a meio da aventura, faltou-lhe o "golpe de asa".
Continua a faltar em muita coisa, por culpa de muitos de nós.
Falaremos daqui a mais quinhentos anos, pode ser que melhore.

MIles, e está tudo dito.


 
Devido a uma promessa feita aqui eis um dos muito superlativos discos deste senhor.
É um duplo, prazer multiplicado.
 
 
 

26 Feb 2015

Consultório Sentimental

 
Minha querida, primeiro que tudo um orgasmo não é coisa de "acho".
Ou tens ou não tens, ainda que haja algumas mulheres que não os tenham mas que os imitam na perfeição.
Ora bem, tomando como bom que os tens, queixas-te de quê?
Aproveita, bebe mais uns copos e dorme com o sossego possível.
Há fortes probabilidades de que acordada a realidade não consiga imitar os sonhos.
Claro que se tiveres um saco azul como a tua conterrânea, com o mesmo nome ao qual adicionava a localidade, é provável que acordada sejam melhores do que a dormir. 
Tenta um lugar de vereadora.


Os nossos notáveis filosofam

Antigamente as pessoas diziam inutilidades em conversas de café ou em telefonemas quando os telefones tinham um fio que os ligava à parede.
Mas um dia os telefones emanciparam-se e tornaram-se smarts, mas as pessoas não.
E desataram a dizer as mesmas palermices, mas agora de maneira que todos as lessem.
E nisto os nossos notáveis, cuja fama termina em Badajoz, conseguem fazer coisas prodigiosas.
O Correio da Manhã, que não trata só dos assuntos do senhor engenheiro, por alcunha o 44, tem um suplemento chamado Vidas onde dá conta destes deliciosos momentos.
Ao calhas, vão aqui quatro.
É só um exemplo, todas as semanas se repetem.
Há milhares de notáveis, há assunto para dezenas de anos.
Divirtam-se.

Digo sim, não e talvez sobre tudo e todos

Diz que está melhor, a seguir diz que está pior.
Mente tanto numa situação como noutra.
Mente sempre.
É um político português.
Breve vai governar-nos.
Deus nos ajude.

24 Feb 2015

Todo o problema, tem uma solução

Isto é um problema, diria mais um grande problema.
Estamos a perder por ano 150,000 futuros engenheiros que depois darão primeiro-ministros.
Não pode continuar.
E, não vai continuar.
Um dos maiores especialistas mundiais, o Dr. David Justino tem uma solução.

22 Feb 2015

Hoje à noite há Oscar's

Prognósticos:
Melhor filme : Birdman or (The Unexpected Virtue of Ignorance)
Melhor actor principal : Eddie Redmayne
Melhor actriz principal : Julianne Moore
Melhor actor secundário : J.K. Simmons
Melhor actriz secundária : Emma Stone

Entretanto de alguns dos grandes marcos do cinema, os pedaços de música que lhes ficaram associados para sempre.
Mediafire


VIRIATO SOROMENHO MARQUES


Fixe o nome e retenha a cara.
Se passar por este senhor na rua está a cruzar-se com um dos maiores pensadores portugueses, e também com um homem de vistas largas, mesmo muito largas.
Há 30 anos previu a III Guerra Não Mundial mas apenas Europeia que seria uma guerra nuclear limitada, isto é depois de as bombas terem caído, os resíduos espalhavam-se apenas pela Europa.
Modesto, acrescenta que não era ideia original, porque outros especialistas como ele, o admitiam em privado, para não assustarem as populações.
Por palavras suas :

Em 1985 publiquei um livro sobre o risco de guerra nuclear limitada na Europa (Europa: o Risco do Futuro). A decisão de o escrever foi tomada na Alemanha, no verão de 1983. Assisti a um país determinado a defender a paz. Lembro--me de Oskar Lafontaine, presidente do governo SPD do Sarre, propor que Bona saísse da NATO para quebrar o que ficou conhecido como a "crise dos euromísseis". Todos os especialistas que consultei me confessavam, em privado, ser inevitável, mais tarde ou mais cedo, uma guerra central com armas nucleares.
 
Por acaso a previsão não se realizou, não tinha sido lida pelos senhores dirigentes da época e assim o livrinho tornou-se um bocadinho desajustado da realidade.
Nada que perturbe um pensador e trinta anos depois volta a destruir (em previsão) a Europa, pois como ele muito bem remata " Na verdade, a mesma liderança medíocre que vai arruinar a zona euro, talvez acabe por deixar mergulhar a Europa num mar de ferro e fogo. O milagre soviético não terá uma segunda edição russa.".
Claro que quem falha uma pode falhara duas ou até mais, mas à cautela já fui ao Continente (passe a publicidade) abastecer-me de algumas conservas e enlatados. 
Obrigado, grande pensador.
 
 



21 Feb 2015

A teoria dos vasos comunicantes


Este homem vai para o Panteão Nacional.
Para que tal acontecesse tiveram que tirar esta múmia

 
Que vai concorrer a representar Portugal no próximo Festival da Eurovisão, escolhida pela nova televisão pública do senhor Nuno Artur Silva.
Por favor não desate a rir.


17 Feb 2015

Não podem ver o encarnado, mexendo

 
Este fulano tem uma página em "A Bola" onde supostamente analisa o Futebol Clube do Porto do qual á notório simpatizante.
Mas em vez disso resolve com olho vesgo olhar para outro clube e dizer baboseiras.
É a nossa sina, somos grandes, todos nos querem abater.
Mas como diz o sábio povo, "vozes de burro não chegam ao Estádio da Luz" aqui em sentido figurado de Céu, que é como nós, benfiquistas, nos sentimos lá. 
Diego, responde-lhe por nós.
"Que la chupen y sigan chupando "   

Um (grande) salto em frente


O primeiro para a TAP chega em 2017 é o  MSN090.
Ver aqui .



15 Feb 2015

A hipocrisia como lei

Entre 13 e 15 de Fevereiro de 1945 os Aliados arrasaram por completo a cidade de Dresden, numa manifestação de poder que se traduziria meses mais tarde pela derrota da Alemanha.
Ainda hoje se discute (como se discute o lançamento da bomba atómica sobre o Japão) se este acto foi um acto de guerra ou uma atrocidade.
Numa recente reportagem uma alemã, sobrevivente, interrogava-se "porque é que nos fizeram isto".
Antes de dar a minha opinião vamos ler o que hoje Azeredo Lopes escreve no Jornal de Notícias

14 Feb 2015

O Homem Duplo


"A importância desse grande legado que ainda hoje é património do país, e que é a TAP, a companhia aérea nacional, e a visão que há 70 anos atrás levou o general Humberto Delgado, então diretor-geral de Aeronáutica Civil, a empreender a criação desta companhia como grande forma e instrumento de articulação de Portugal com o mundo é a visão que sustenta a TAP ainda hoje como um grande garante da nossa própria soberania nacional", disse António Costa.

O pundit que aparentemente ainda governa a CML quer avançar (alguns dizem que já lá está) para primeiro-ministro mas parou no tempo.
Já imaginou a TAP como as caravelas do século XIV (enganou-se um século coitado) e agora não repara que em setenta anos alguma coisa mudou na aviação.
Esta historieta de a TAP ser o garante disto e daquilo é como disse o outro "uma história de crianças". 
Hoje quem quiser viajar de Lisboa, Porto ou Faro, seja para onde for depende apenas muito parcialmente da transportadora portuguesa.
Basta ver o caso da Madeira, um monopólio que mal foi eliminado encontrou logo duas transportadoras a voar para lá, a preços melhores.
Ela é boa, é útil e numa futura privatização nada indica, a não ser que o dono seja maluco, que as rotas agora existentes serão reduzidas ou eliminadas.

Aproveitando a ocasião, a pesca dos votos é um desporto caro, agora querem chamar ao aeroporto Humberto Delgado.
Vai ser um êxito, basta lembrar que talvez um em cada mil lisboetas saiba que é assim que se chama a Sete Rios, que passou (no Metro) a ser Jardim Zoológico.
Podiam ter-se lembrado de Gago Coutinho ou outro pioneiro da aviação, mas preferem lembrar um burocrata.
É mais recente, a esquerda apropriou-se do nome, está feito o jogo.
Bem-vindos à terra das ilusões.

Adenda: Opinião de Virgílio Macedo no Público

Demolidor


Figo passou no teste da integridade – não é anedota. Superá-lo é obrigatório para ser candidato a presidente da FIFA, isto é, para tentar chutar para canto – onde caiam uma cabeça de porco ou bolas de golfe – Joseph Blatter, aprovado, certamente, com distinção no mesmo exame, se o fez. A integridade é avaliada pela FIFA – não é piada.

Figo, que jogou no Barcelona, porque, em Itália, não gostaram da brincadeira de o ver assinar pela Juventus e Parma, candidata-se para acabar com os escândalos. Figo faz, com propriedade, da "transparência e solidariedade" a sua bandeira – sabe para que servem certas Fundações e como se celebram alguns contratos.

Figo tem o apoio da divina FPF e o reconhecimento do transcendental Governo talvez por não prometer a manutenção dos fundos de investimento defendidos pelo condecorado agente Jorge Mendes. Figo não anunciou a candidatura num pequeno-almoço nem através do ‘Diário Económico’ e também não garantiu fazer do Taguspark a sede da FIFA. Mas, para reforçar o peso da integridade, falta-lhe a mensagem de Sócrates. De José Sócrates, não do amigo, Santos Silva.

Ricardo Tavares - Correio da Manhã

11 Feb 2015

Efeitos musicais

Continuando na música, soubemos pelo blog de Eduardo Pitta, um dos maiores admiradores de Sócrates e tudo o que cheire a PS, que houve uma manif com muita música.
Quem protestou?
A palavra dele:

Ontem, professores e alunos do ensino artístico especializado (uma área educativa que absorve 24 mil alunos de 110 escolas particulares e cooperativas, onde trabalham mais de 3 mil docentes) protestaram...

Temos pois que entidades privadas querem que o Estado as subsidie para terem um professor para cada oito alunos ou talvez um pouco menos..
E então aconteceu:

António Victorino de Almeida dirigiu o Coro Lopes-Graça, Mário Laginha tocou ao piano, e uma professora do Conservatório Nacional cantou árias de ópera. Um agente da autoridade terá confessado que tinha todos os pêlos em pé.

Pitta também.



Blues is easy to play, but hard to feel - Jimi Hendrix

 
 
Um irascível regente de orquestra dirige com mão de ferro não permitindo o mínimo deslize, espremendo os alunos (é professor numa escola de música) na esperança de encontrar uma nova estrela, um novo Charlie Parker, nas suas próprias palavras.
E um dia tropeça num baterista e julga descobrir no mesmo toda a capacidade para vir a ser uma grande figura do jazz.
Para tal recorre a todas as pressões, algumas delas ao nível da pura tortura, para o estimular.
É o que o filme é. Estimulante.
Também é vibrante com uma banda sonora fenomenal.
E mostra como a competição para um lugar na orquestra está ao nível dos antigos gladiadores.
Nomeado para 5 Oscar, muito provavelmente com dois no bolso, Best Achievement in Sound Mixing e Best Performance by an Actor in a Supporting Role.
O jovem baterista tem como ídolo Buddy Rich.
Está aqui.


10 Feb 2015

Grandes Pensadores Lusitanos

 
 
Em Setembro 2012 adivinhava. O que ele não sabia é que outra grande cabeça previa ...
O que se segue pode causar calafrios, pânico e terror a mentes mais melindrosas.
Continue, por sua conta e risco.

4 Feb 2015

Para Lenor

Estreia brevemente.
Julianne Moore está nomeada para Oscar de melhor interpretação feminina.
É realmente aterradora a interpretação de uma mulher, especialista em linguagem, que do nada lhe aparece a sinistra doença de Alzheimer e que vemos desintegrar-se dia após dia.
Uma particular cena, quando necessita de ir à casa de banho urinar e não consegue lembrar-se onde era ocasionando que o marido a encontra toda urinada é particularmente tocante.
Como tudo o que é mau pode piorar, a doença é congénita e uma das filhas dá testes positivos.
Como se diz no título este post é dedicado a uma particular amiga por dois motivos.
O primeiro é por ser médica e ela saberá por experiência directa o que é lidar com estes doentes.
O segundo é privado e ela se vir o filme compreenderá imediatamente.
 
O boneco também é da Lenor e ilustra muito bem a vida destes doentes e provavelmente de muitos sãos.
O filme termina com um fabuloso monólogo tirado de "Angels in America" e vai aqui com transcrição.

3 Feb 2015

Uma maioria muito minoritária

Tirando o futebol e o caso Sócrates, este é o assunto sobre o qual todos os tugas têm uma opinião.
Neste caso foi a de José Carlos de Vasconcelos que acredita que maioritariamente os lusos desejam que a TAP continue pública e que chamam nomes muito feios aos senhores do Governo e chamarão aos senhores que se tornarem donos da mesma.
A primeira questão é onde terá ido o célebre jornalista descobrir esta maioria.
Se foi à última manifestação onde dizem ter estado 500 pessoas, acho pouco.
Estas pessoas pertenciam a grupos distintos.
Um de profissionais encabeçados pelo eterno manifestante senhor Arménio da CGTP/PCP.
Outro de idiotas uteis onde pontificavam os senhores do Não TAP os olhos (que aliás organizaram a manif) com relevo para Camané e António-Pedro, dois dos maiores especialistas de aviação mundiais. 
E finalmente os trabalhadores que segundo números oficiais são 13,397.
Que no café se digam palermices em conversa com um bagaço pelo meio, é aceitável.
Numa revista que pretende ser respeitada, acho mal. 
Ele lá saberá porquê é que acha bem.


2 Feb 2015

Recebido por mail


Note que só dois é que foram condenados.
É preciso ter azar ou ser muito lorpa.

Estonteante Mitsuko Uchida


Com mais um bocadinho, levitava.
 
 

Sempre iguais, gostam de chafurdar na lama.


"O BdP desde há algum tempo tem vindo a tomar medidas para isolar o banco, a parte financeira, das dificuldades financeiras da zona não financeira do grupo. O BdP tem sido perentório, categórico, a afirmar que os portugueses podem confiar no BES, dado que as folgas de capital são mais do que suficientes para cobrir a exposição que o banco tem à parte não financeira, mesmo na situação mais adversa. E eu, de acordo com a informação que tenho do próprio BdP, constato que a atuação do banco e do governador tem sido muito, muito, correta".

Qualquer ignorante lê isto e compreende imediatamente o que lá está dito, ou seja os depósitos no BES estavam salvaguardados.
Mas há quem queira armar confusão.
Um dos "armadores" é o engenheiro Rui Sá.
Perguntarão, quem é?
É um destacado membro do PCP, colocado na Câmara Municipal do Porto por esta particularidade e não por ser engenheiro, mas ele, vá lá saber-se porquê, faz por ignorar isso e assina os artigos no JN como engenheiro.
E então dispara:

31 Jan 2015

Consultório Sentimental

Tenho uma boa notícia para ti.
Fostes, és e vais continuar a ser cem por cento larilas.
Relaxa, bem relaxado já és naturalmente e portanto podes continuar a ter pride.
O outro problema é um bocadinho mais complicado.
Compreende, na tua condição há poucas variantes, se tiras logo, digamos, cinquenta por cento, corres o risco de ser menos amado.
Um perigo, ainda sufocas ao quereres ser útil.
Mas, graças aos prodigiosos conselhos da doutora Cláudia Machado de Castro, que escreve no mesmo jornal para onde mandaste o teu queixume, e que é consultora de Feng Shui, há uma hipótese.

30 Jan 2015

El pesetero

O candidato FIFA numa das suas últimas actividades de publicidade, no caso o pequeno-almoço com o detido 44.
E recolheu conselhos de como acabar com a corrupção.

27 Jan 2015

Os gregos vão-se ver gregos




 

Este post é só mentiras (*)



Canção que o 44 pediu no programa "Discos a Pedido" feito pelo Rádio Clube do Estabelecimento Penal de Évora.
Uma das populares que integrou o passeio turístico Covilhã - Estabelecimento Penal de Évora - Covilhã, preço doze euros incluindo coiratos, febras e vinho tinto, cantando a plenos pulmões a "Grândola , Vila Morena".
 

Palavras de Soares à despedida.

(*) Inspirado na vida do detido.

25 Jan 2015

Avant Garde

 

Um especialista em olhómetro

 
Gosto muito do papa Francisco. Está a provocar um choque ético no mundo. Mas também gosto muito da verdade. E as autoridades filipinas, dizendo para os media que estiveram sete milhões na missa em Manila, multiplicaram cada pessoa pelo menos por sete.Nas fotos não se vêem sete milhões, nem de perto nem de longe. E na TV seria impossível uma avaliação, pois as imagens que chegaram (da TV filipina?) são fracas, como é costume naquela zona do mundo. Na TV, nem se viam planos de conjunto da multidão.
Os publicitários são exagerados, porque podem. Mas o jornalismo tem de ser moderado. Como acreditou que estivessem sete milhões em Manila?

23 Jan 2015

Consultório Sentimental

 
Tenho boas notícias para ti, Paulo, a resposta é SIM.
Ora pega num papel e lápis e aponta.
30 e 31 de Fevereiro, 31 de Abril, 31 de Junho, 31 de Setembro e 31 de Novembro.
Dirás tu, mas só 6 dias!
Olha Paulo há quem dê e leve muito menos no ano e ande feliz, ou pelo menos habituado.
Habitua-te também, é melhor do que mudar fraldas às quatro da manhã.

21 Jan 2015

Este foi Charlie toda a vida

 


Baseado na versão do livro escrito pelo próprio, a história deste mortífero atirador contada por Clint Eastwood.
O filme não faz justiça nem a um nem a outro. e no entanto está nomeado para 6 Oscar.
Dada a composição do júri, levando em linha de conta o actual momento de guerra com o estado islâmico e a natural apetência dos americanos pelos tiros, deve levar uma estatueta pelo menos.
A história deste homem que ultrapassou dezenas de situações de altíssimo perigo e que foi assassinado cobardemente na sua própria e querida América, pode ser lida aqui .