30 Dec 2012

Parabéns, um dia vais à viola.

Um rapaz muito inteligente.
Hoje podia estar a jogar numa competição europeia, a lutar pelo Campeonato Nacional, pela Taça de Portugal e até, vejam bem, pela Taça da Liga.
Assim está calmo e sem problemas.
Os jogos dele são todos a feijões.

Desejos húmidos

 
 
O Expresso colaborou e incentivou na maior "baptistada" do ano.
Querem mais.
E assim juntam-se ao jornal "i".
Mas eles não sabem que o Ministro da Economia é um clone.
O homem que fazia de ministro está há seis meses na OCDE.
Depois dos diplomas virtuais, um passo em frente, um ministro virtual.
Continuem.

Artur Baptista da Silva (Parte II e III)

 

28 Dec 2012

Nota da Direcção (parcial)


Quando se pede desculpas não de deve aproveitar para responder a quem nos criticou, até porque muitas dessas críticas foram e são justificáveis. Mas há um ponto que o Expresso se vê obrigado a refutar e que tem a ver com as leituras políticas que, inevitavelmente e de forma primária, surgiram. Em momento algum o Expresso deu mais importância a algum tipo de opinião sobre a situação económica do país, em qualquer dos seus cadernos ou no Expresso da Meia-Noite.

Pode rir à vontade.
Uma aldrabice apaga-se com outra aldrabice.


Imagens de "Clue" e "Lincoln".

24 Dec 2012

Estrela Pop (Expresso II)


LOL (Expresso I)

Já se fizeram imensos filmes em que o mocinho é enganado e monta a cavalo abandonando a agreste terra onde fica a grande desolação.
Leia aqui como este já não tão moço assim também foi enganado.
Um grande dramalhão.
Chore, por favor, no fim.

21 Dec 2012

Grandes Momentos Tugas

O pontapé na bola tuga é cheio de curiosidades.
Agora há por aí uma coisinha chamada Taça da Liga. Não conta para nada.
É uma espécie de treino com espectadores.
Mas estes são muito poucos.
Nesta primeira jornada oscilaram entre os 217 espectadores (6% de ocupação) num fantástico Naval – Beira-Mar e os 4693 (16%) noutro fantástico Guimarães – Braga.
Por coincidência ambos os jogos terminaram como começaram sem um golinho para amostra.
Onde houve emoção a rodos foi no Estoril – Setúbal onde 517 (10%) viram o senhor Hugo Miguel mostrar sete cartões amarelos em quinze minutos.
É obra.
Terminou também sem golos.
É sina.
Qualquer dia, agora vai toda a gente descansar quinze dias, há mais.

10 Dec 2012

Dediquem-se à pesca

Onze-Sumidades-Onze daquelas que sabem tudo e dão certezas sobre todas as coisas fizeram uns palpites para o pontapé na bola.
Não acertaram um para amostra.

Sem título


Só olha para o umbigo

 
Nicolau Santos dá uma ajudinha às dúvidas do Sousa Tavares

9 Dec 2012

Consultório Sentimental

Querida Liliana:
O teu problema é de facílima resolução.
Assina a SporTv, tem sempre em casa “A Bola” e o “Record”, mantêm uma bela grade de cerveja no frigorífico e ao lado do sofá coloca assim como quem não quer a coisa, um Bushmills 21 Year-Old Single Malt.
Leva-o com carinho para lá e diz-lhe que o jantar vai ser (coloca aqui o que sabes fazer de melhor alem de usar o vibrador) mas antes lava as mãos..
Tens entre 90 a 120 minutos para te divertires.
Não te esqueças de ter sempre um par de pilhas de reserva.
É muito chato teres que o ir interromper a meio do jogo.
Boa sorte.

Foi bom



Mediafire

6 Dec 2012

Telenovela


A RTP é para privatizar por inteiro. É para privatizar só um dos canais. É para privatizar com todas as antenas de televisão e rádio, mas só 49% do capital e com uma renda fixa de 140 milhões de euros paga pelos contribuintes. É para privatizar até ao final do ano. É para privatizar até ao fim do próximo ano. É para vender aos angolanos. É para entregar a uma TV brasileira. É para um fundo do Panamá. É para a Cofina. É para vender só a concessão. É para juntar à Lusa. É para ficar pública mas sem publicidade. É para ter 12 minutos de publicidade. É para ter seis minutos de publicidade. É para oferecer a RTP Internacional. É para fechar a RTP Memória.

André Macedo DN de hoje

Histórico de uma trapalhada que como as telenovelas pode chegar aos mil episódios e nunca ter fim

5 Dec 2012

Este gajo é um pratinho



De viagem por Cabo Verde, aonde foi com uma luzida corte de parceiros de Governo, o Dr. Passos Coelho passeou, durante quinze minutos, pelas ruas do Mindelo. Conversou animadamente com a população, afagou uns meninos e ficou todo contente quando uma miúda, a uma pergunta sua, disse-lhe o nome. Pedro, é isso mesmo. Rejubilou. Foi quando um jornalista, candidamente, o interrogou sobre há quanto tempo não fazia o mesmo em Portugal. Momento embaraçoso por um lado, e patético por outro. O pobre Passos, sem pudor nem escrúpulo por atropelar a verdade, retorquiu: mas eu ando sempre na rua, com uns e com outros. Uns e outros devem ser os batalhões de guarda-costas, que o seguem diligentes e, amiúde, particularmente agressivos.

2 Dec 2012

A magia na aviação


  
Dão-se alvíssaras a quem a encontrar.
Entregar no Comando Geral da Força Aérea.
Pedir recibo.
 

Muito à frente do seu tempo


Nicolau Santos é o maior economista português vivo.
Nas horas vagas dedica-se à análise da aviação civil e é dele a conclusão que sem a TAP as ligações da Europa à América do Sul ficavam comprometidas.
Usa camisas da Dielmar a quem presta uma pequenina publicidade gratuita e antevê-se já em 2015 assim escapando ao fim do Mundo que vêm aí em Dezembro.
Numa saborosa crónica intitulada “O orçamento que não merece ver a luz do dia” aconselha os deputados a fazerem uma ilegalidade.
Não conhece a Constituição.
Realmente há dias em que as crónicas não deviam ver a luz do dia.

30 Nov 2012

A idade não perdoa

 

Este dispendioso velhote assinou ontem mais uma carta aberta (*) a pedir a demissão do Governo.
Desde há meses que esta ideia lhe bate na moleirinha.
Ora o estimado povo tuga já lhe disse por duas vezes, muito obrigado por favor fique em casa a tratar dos netinhos.
Não ouve e todos os dias os jornais o querem ouvir e ele, vaidoso, nunca se faz rogado.
Claro que quando o Governo lhe corta um bocadinho do generoso subsídio que tira aos nossos bolsos para ele se pavonear, custa e amargura uma pessoa.
Temos pena, aguente.
Um apelo aos amigos que tem.
Ajudem-no a terminar a vida com dignidade.

(*) Nunca vi uma salada tão complexa de nomes como A Carta. Infelizmente pessoas que pareciam merecer toda a credibilidade assinaram ao lado de outras que não representam nada, que são nada e quase todos umas sanguessugas do erário público.
Ou dito de outra maneira, se não fosse o dinheiro que à força me tiram do bolso ninguém os conhecia e mesmo assim alguns são quase incógnitos.
Juízo.

29 Nov 2012

Perguntas estúpidas


Um dia perguntaram a Pinto da Costa quem era o número 2 do Futebol Club do Porto.
A resposta veio rápida:
É o João Pinto (está aí na foto).
Era óbvio.
Isto vem a propósito da extraordinária importância que teve para o País a mesma pergunta feita a Passos Coelho.
Entretêm-se com ninharias

28 Nov 2012

Uma raridade

 
Devido ao formato (flac), não é possível usar o Mediafire.

À dúzia é mais barato

 
12h45 - Arménio Carlos Termina o discurso pedindo eleições. E anuncia a a realização da maior petição de sempre a favor do estado social, assim como duas manifestações para os dias 8 e 15 de Dezembro.
 
Era hora do almoço e teve que ir embora mas tu não faltes.
Em cada manifestação tens uma senha, na petição também, quando tiveres cinco mil senhas tens direito a uma assinatura anual do "Avante".
Se já tiveres podes dar como útil prenda de Natal.
Em 2013 contamos fazer cinquanta manifestações e duas Grandes Greves Gerais.
Contamos também contigo.
 


27 Nov 2012

Um previdente génio.

 

Pevisão acertadíssima em Setembro de 2012.
Acabará o Mundo neste 23 de Dezembro ?
Pergunte-lhe.

Entrevista imaginária

 
 
 
Este jorrnal consegue entrevistar em Lisboa um ministro que já não é ministro e está em Paris na OCDE há mais de seis meses.

26 Nov 2012

Fantástico

 
Mark Twain dizia "Comprem terra que já não se fabrica".
Estava enganado.
António Borges e os quatro irmãos conseguem com a prestimosa ajuda da revista "Flash!" serem donos de 110% de uma propriedade no Alentejo.
E ainda queriam que um homem que faz estes milagres não tratasse das anémicas privatizações lusitanas.

2 + 1 = 3 Bancos

 
 

Muito deve a música a estes dois

 
Mediafire

25 Nov 2012

25 de Novembro (em catalão)

Nas eleições efectuadas hoje o partido independentista CiU obteve 50 mandatos perdendo 12.
No quadro que se mostra podem ver a precisão de sete-sondagens-sete.
Como titula um dos jornais espanhois "Fracasa el desafío de Mas, gana España".
Nós também.

24 Nov 2012

A verdade a que temos direito por linhas tortas

Agora é oficial.
As televisões vieram finalmente esclarecer que as imagens que o excelentíssimo público pode ver são tratadas.
As outras, os chamados “brutos” não podem ser mostradas sem que os senhores jornalistas as interpretem e depois escolham aquelas que melhor servem os interesses da reportagem que se pretende fazer.
Por isso a partir de agora, quem não sabia passa a saber que vê aquilo que outros querem que ele veja.
É tão simples quanto isto.


23 Nov 2012

Verdadeiros Profissionais

 
Durante um mês
 
O PÚBLICO Online estará diferente. Durante mais de um ano estudámos a fundo o nosso site e as tendências internacionais. Todas as mudanças que fizemos foram pensadas com um grande objectivo: tornar a leitura do PÚBLICO digital uma experiência melhor e mais fácil.
O novo site é mais claro e simples de navegar; o design valoriza o essencial; pela primeira vez em Portugal vamos incluir os leitores na moderação de comentários, e os leitores vão ter uma área individual.

Ontem

A equipa do PÚBLICO está a trabalhar para resolver o mais rapidamente possível os problemas técnicos que estão a afectar o novo site.
É possível que continuem a existir dificuldades de acesso ao site nas próximas horas.
Pedimos desculpa aos nossos leitores pelo incómodo.

Hoje

A equipa do PÚBLICO está a trabalhar para resolver o mais rapidamente possível os problemas técnicos que estão a afectar o novo site.
É possível que continuem a existir dificuldades de acesso ao site nas próximas horas.
Pedimos desculpa aos nossos leitores pelo incómodo.

Amanhã

Logo se vê




22 Nov 2012

Um homem com sorte


Evitou jogar na Taça dos Campeões, já não precisa de se preocupar com a Taça de Portugal, no Campeonato Nacional pode jogar sem a angústia de ser campeão e hoje deixou de se preocupar com a Taça UEFA.
E breve, com mais um bocadinho de sorte, a Taça de Liga já era.
Tão bom.

20 Nov 2012

Jornalismo interpretativo.

Silva Peneda (que já anda nisto há uns bons quarenta anos) não tem razão nenhuma.
Não disse a frase?
E depois.
Um jornalista é algum gravador?
Não um jornalista está ali para fazer perguntas e depois “interpretar” as respostas.
O entrevistado não disse mas podia ter dito.
Descobrir o pensamento que o entrevistado não disse mas que convinha ao entrevistador que ele tivesse dito é uma das mais complexas funções de um bom jornalista.
E um bom jornalista consegue fazer títulos bombásticos que atraem audiências.
E audiências atraem resultados financeiros.
É disso que vivem os jornais.
Só os melhores sobrevivem.
E convêm ao jornalista estar nos melhores.
O melhor é o Expresso.