9 Mar 2012

Consultório Sentimental


Ana, o teu problema não é complicado e qualquer loja do Conde Redondo ou um transeunte na mesma zona depois das duas da manhã te poderá ajudar.
Por mim digo-te troca o de 14 polegadas para um XXL de 20 com dupla rotação e notas, oh! se notas a diferença.
E depois ainda há aqueles que tem um pequeno acrescento para estimularem agradavelmente aquela pequenina coisa do teu corpinho que o João de Faro por esta altura já deve ter deliciado descoberto.

Quero é dar-te  um conselho para memória futura.
Não te cases, é que o vibrador que já vem pela natureza acoplado ao teu marido é sempre o mesmo (apenas muda de tamanho de normal para pequeno ou mesmo muito pequeno) o que vai causar-te o mesmo problema agravado que agora tens com este que usas (e aliás abusas).
Claro que também o podes trocar por outro mas o problema é que no primeiro caso deita-lo para o lixo e no segundo estás lixada.
Boa sorte.

2 comments:

Pekota said...

Será que existem pessoas no seu perfeito juízo, que escrevem estas questões e as enviam para os jornais ou revistas? Ou são daquelas coisas hilariantes que uns autores/jornalistas inventam e se matam a rir antes de as publicar?

Fado Alexandrino said...

Obrigado.
Num país de Cátias tudo é possível mas acredito que parte delas devem dar um gozo enorme a quem as inventa.
E por isso também temos o direito de gozar com elas.