13 Apr 2009

Tão queridinho e respeitador


Obama prometeu às filhas que se fosse presidente lhes dava um cão.
Mas e isto já não foi dito á miúdas mas sim á imprensa, o cão tinha que ser um rafeiro, pois era uma medida simpática e social tirar um cão das ruas e dar-lhe o luxo daquela casa cuja cor era.

Mas até mesmo para o homem mais poderoso do mundo os milagres são difíceis e neste caso o problema era que uma das filhas tem alergia e, claro, os rafeiros largam pêlo e nem um decreto presidencial os faz mudar de hábitos.
Que fazer?

A salvação veio de um pais do terceiro mundo, exactamente deste pedacinho de Europa que quase é África.
Explico eu, é um cão português, portanto mesmo que criado nos states em casas da melhor linhagem nunca deixa de ser um rafeiro.
E assim o português cão e a americana miúda vão viver felizes para toda a vida.

1 comment:

Artur Sequeira Portela said...

Uma notícia verdadeiramente importante...