18 Sep 2011

Os caros transportes públicos



O Expresso tem vindo a publicar um interessante dossier sobre as privatizações.
No que se refere aos transportes públicos a situação é de absoluta catástrofe.
Não ligue ao que J.F. Palma-Ferreira escreve pois na realidade trata-se apenas de um truque de magia e concentre-se nestes números que são relativos ao STCP (Sociedade de Transportes Colectivos do Porto) e da qual estou à vontade para falar porque nunca os usei.
Ora vejamos.

Em cinco anos perderam 9 milhões de passageiros e entretanto o que é que fizeram?
Aparentemente nada porque no mesmo período a frota desceu apenas 11 autocarros de 500 para 489 e pior que tudo o número de empregados desceu apenas 238.
Claro que a dívida aumentou nesse mesmo período 135 milhões.
Ora o que vai acontecer é que eu e o caro leitor e mais outros vamos ter que suportar o saneamento financeiro de 343 milhões criado por várias administrações que como tinham o lugar garantido não quiseram saber daquilo para nada.
E depois como o artigo descobre quem ganhar a privatização vai " racionalizar os serviços, ou seja, a redução da oferta ao mínimo nas linhas menos rentáveis, ou até a supressão de linhas que não tenham viabilidade".

Mas que grande surpresa, como é que ninguém ainda se tinha lembrado disto?

No comments: