24 Sep 2011

Doeu e muito



O Benfica arrancou um saboroso e sofrido empate na deslocação ao estádio do guarda Abel.
Não vou escrever sobre o jogo pois como todos sabem antes deste e doutros em que o meu clube jogue acho sempre que jogamos bem e merecíamos ganhar.
O que é aqui interessante é ver como o treinador instantâneo e um jogador falam como se fossem uma orquestra contra o árbitro.
Um acha que o Cardozo já devia estar no balneário quando marcou o golo e o outro acha que levou um pontapé numa nádega por acaso do mesmo jogador.
Ora o Diário de Notícias fez um inquérito para saber quem se iria destacar neste jogo e apresentava seis opções, dois jogadores, os treinadores, outra personalidade e o árbitro.
Ganhou este com 620 votos.
Está explicado como a maioria das pessoas vê o futebol na Tugulândia.
Eu, felizmente, só acho que o árbitro erra quando o meu clube perde.

No comments: