1 Sep 2011

Manuel António Pina (clique mas vai já avisado)


Manuel António Pina é um velhote que através da poesia alcançou a imortalidade ao ter outro dia um prémio de que agora não me recorda o nome.
E isso subiu-lhe como a todos nós à cabeça que já não sendo aquela que tinha no Estado Novo o faz de vez em quando, muitas vezes, dizer palermices.

"para que raio quererá o Ministério das Finanças saber do meu colesterol e dos meus triglicerídeos (e os seus, leitor) e o Ministério da Saúde saber quanto pagamos pela prestação da casa?"

Aqui ele por ignorância ou talvez não consegue dizer  duas mentiras seguidas.
O projecto de que se fala indica muito claramente que o responsável pela junção de dados fiscais aos clínicos ficará na dependência da saúde e portanto ninguém das finanças vai saber se o Pina está com muito colesterol, com gonorreia ou simplesmente com prisão de ventre.
Segundo nos serviços de saúde vão apenas querer saber qual foi o rendimento que o senhor Pina declarou em sede de IRS e estão-se borrifando para as prestações da casa e de quanto gastou com a comida dos gatou ou cão que tenha.
É possível que isto não lhe agrade, há imensa gente com isenção de taxas moderadoras que não a devia ter.

Pina informa-nos que a PIDE-DGS o colocava a ela e a mulher como  "afectos ao regime".
Não sei, o que sei é que no 26 de Abril não havia mais do quinze apoiantes de Marcello quando dias antes no estádio Nacional 60,000 gargantas berravam a plenos pulmões por ele e um ano antes só o Cunhal e mais alguns (estaria o Pina entre eles) eram contra.

No comments: