24 Jul 2009

Música, a amante sempre fiel


Em 1988*, após mais de 6 anos de emissões contínuas, chegava ao fim o meu programa de rádio preferido. Com a realização e locução a cargo do Jornalista António Santos, passava aos Domingos, na Rádio Comercial, sempre entre as 21 e a meia-noite. Para além de uma selecção musical da mais tranquila tinha, ainda, os famosos textos. Os contos curtos. Da autoria de António Santos, João Viegas e também, nos últimos 2 anos de emissões, de Eduarda Ferreira e Eduardo Guerra Carneiro, estes eram uma fusão improvável entre declamação perfeita e "contos do imprevisto".

Destes nomes, um deles, João Viegas publicou em 1983 um livro impresso em papel de embrulho muito apropriadamente chamado “ O Galo de Barcelos ao Poder”.
Infelizmente a crítica social que ele faz continua quase trinta anos depois perfeitamente actual.

Alguns dos textos serão acompanhados pelos desenhos originais, outros por bonecos escolhidos por mim e outros é como calhar.

Entretanto deliciem-se com a transcrição de alguns programas.
Não conheço, nem sei onde estão, nenhuma das pessoas envolvidas.

1 comment:

O Galo said...

Olá Fado Alexandrino
Gostei das suas palavras acerca das Noites Longas e do livro que eu escrevi há séculos atrás, "O Galo de Barcelos ao Poder".
Pois eu agora tenho um blog ( quem não tem?)que com muita criatividade se chama...O Galo de Barcelos ao Poder(ogalodebarcelosaopoder.blogspotcom), gostava que me fizesse uma visita.
No dia 24 de Novembro, pelas 18h30, no Restaurante Sabor a Brasil( Parque Expo) será feito o lançamento d'"O Canto do Galo"com textos do blog.Se quisere puder apareça, e leve companhia...
Abraço
João Viegas