15 Sep 2010

O Minha lá tão longe


Enquanto esperava pelo resumo do jogo em que o Braga do Domingos Paciência fez história em Londres, e para evitar perder um bocadinho que fosse, tive que assistir ao programa do Malato na televisão pública paga por todos nós.
Foi altamente engraçado.
A um jovem aluno do ISLA foi perguntado entre Japão, Dinamarca, França e Israel qual seria o país que não existia antes da segunda guerra mundial.
Apontou Israel com muitas hesitações sobre a Dinamarca que ele não sabia se já existia em 1939.

Á pergunta seguinte respondeu com rapidez e brilhante.
Era para que equipa se tinha transferido a estrela americana LeBron James, acertou e ainda acrescentou como brinde a equipa de onde vinha.

E depois, tragédia.
A pergunta era como se chamava a personagem feminina de A Morgadinha dos Canaviais.
Esclareceu que nunca tinha lido, aposto aliás que nem sequer sabe o que é um canavial e muito menos uma morgadinha.
Apostou, errou.
Qualquer dia está licenciado por Bolonha e pelo Insituto Superior de Linguas e Admnistração.

1 comment:

LI said...

Uma correcção:

Não é "por Bolonha e pelo ISLA", mas sim licenciatura no plano de estudos do curso na organização de estudos de Bolonha, pelo ... (à ecolha).

Na verdade, vai encontrar as mesmas moscas, i.e. a mesma substância adubante (merda).