18 Sep 2010

Eu é que sou o presidente da junta


Nunca vi um porco a andar de bicicleta como parece um senhor árbitro já viu.
O que eu vi foi um Madaíl ir a Madrid rojar-se aos pés do Mourinho e suplicar-lhe que salvasse a Pátria. Ficou estabelecido um limite máximo para a parolice.
Claro que o "special" delirou e aproveitou para brilhar o máximo possível e numa conferência de imprensa que quase ia arrancando lágrimas às pedras da calçada, ainda por cima até em português, lá foi dizendo " digo sim à Pátria e digo também sim ao Patrão, até logo boa noite e boa sorte".

Infelizmente parece que na segunda-feira O Loiro vai de baraço ao pescoço rogar ao dono do clube que emprega o português "empreste-mo é um favorzinho só por uns dias".
Que depois disto ainda apareça um patego que aceite ser treinador deste amontoado de jogadores (já repararam que é possível que na equipa inicial nenhum jogue já em Portugal)mostra bem ao que chegamos.

Fechem de vez para balanço e reabrir com nova gerência.

No comments: