5 Sep 2012

Querida RTP, não nos deixes

Quando se fala sobre televisão há um magazine incontornável, é o Notícias TV que é um suplemento do jornal Diário de Notícias.
Tem como director executivo um dos mais brilhantes jornalistas da área exactamente Nuno Azinheira que além de ser um conhecedor profundo do tudo o que têm a ver com televisão é de uma isenção (como seria natural sendo jornalista) acima de qualquer suspeita.
Este número é subordinado ao título “A RTP é para partir?” à martelada.
Resolveu, acompanhando este momento tenebroso em que a RTP pode vir a fechar deixando centenas de milhares de pessoas sem qualquer contacto com a realidade, efectuar um inquérito com oito-figuras incontornáveis-oito para sabermos da bondade do crime.
Para começar vamos deixar apenas os nomes e o título que deram ao apontamento.
Não se indica o que fazem.
Para quê?
São todos soberbamente conhecidos.
Segue:
 
António Mega Ferreira – Uma solução perversa
Paquete de Oliveira – Borges o Vendedor
Herman José – Contra a Tabloidite Aguda
Manuela Moura Guedes – Feito à Medida
Ribeiro Cristóvão – Sinais
Rui Pego – Quem Leva o Porco?
Júlio Isidro – Um Olhar Inglês
Adelino Gomes – A Calculadora e o Serviço Publico
 
Exemplar, não é?
Resta acrescentar que todos eles já pastaram directa ou indirectamente no verde campo que foi, é, e talvez continue a ser o grupo RTP-RDP pago pelo Lorpa do Costume.

1 comment:

Táxi Pluvioso said...

O que se pedia era que Lisboa não fosse francesa, agora a RTP pode ser angolana (embora eu preferisse russa, tem melhores gajas).