10 Jun 2012

São 11 contra 11 e no fim ...

Depois de muito tentar "A Bola" conseguiu produzir uma das primeiras páginas mais estúpidas do jornalismo tuga.

É claro que muitos dizem que o jornalismo desportivo é uma espécie de jornalismo e é bem verdade que o uso de termos bélicos (distinção para "o poder de fogo") tende a transformar um jogo de futebol numa batalha.
Aqui um super elegante CR7 um ícone da moda olha de cima para baixo para uma aterrorizada senhora Merkl misturando economia, política e futebol com um título que devem ter achado pela ambiguidade muito inteligente.

O resultado viu-se.
Hoje vai ser um chorrilho das mesmas desculpas de sempre.
A sorte, a falta dela, o relvado, o vento, a vitória moral, nada está perdido, fizemos um jogo excepcional, levantar a cabeça, o mister é que sabe, só faltaram os golos ...

É só escolher.

1 comment:

L.O.L. said...

Este post vou partilhar no meu facebook. ahahahahahahahahahah!