9 May 2010

Campeões





Obrigado Braga, Olhanense, Sporting, Porto, Marítimo, Guimarães, Nacional e Rio Ave, por nos terem ajudado a ser campeões ao mesmo tempo que nos proporcionaram as oito maiores assistências deste campeonato, todas na Luz .


Até para o ano.

7 comments:

dalloway said...

Parabéns Benfiquista Fado :)

LI said...

Parabém a todos os portugueses por terem finalmente, um campeão digno de usar as quinas.
Esperava-se mais deste post em ralação à qualidade do blog.
A ver:

- reflexão sobre o impacto na abertura da bolsa amanhã;
- projecção sobre o número de urgencias relativas a agressões nos hospitais de Braga e Porto;
- estimativa sobre o retorno do investimento nos 65.000 litros de cerveja já a serem consumidos no Marquês de Pombar;

e por aí fora.

abraço campeão

Fado Alexandrino said...

Muito obrigado.
Custou mas fomos melhores em tudo e agora até na atitude discreta na vitória.

lenor said...

Os meus melhores parabéns.
:)

Fado Alexandrino said...

Pois muito obrigado.
Na antiguidade Jesus ressuscitou, aqui graças ao milagre que este nosso Jesus fez na Luz ressuscitaste tu.
Foi bom.

Dylan said...

O treinador do SC Braga tinha previsto que algo ia acontecer. Realmente acertou - um vulcão entrou em erupção na Luz debitando para a atmosfera cinzas vermelhas que cobriram o espaço aéreo nacional de norte a sul do país, também em África, na Ásia e na Europa. O magma incandescente derreteu os maus perdedores, sempre prontos a minimizarem as vitórias dos outros através da intimidação e comunicados dignos de uma taberna do interior. Falaram em túneis - esqueceram-se do verdadeiro precursor do túnel nauseabundo dos anos 90 -, criaram um artificial candidato ao título que, apesar da sua boa época desportiva, foi sustentado por erros arbitrais. Mesmo assim, venceu a melhor equipa: o Benfica. Com um futebol vistoso, com o melhor marcador, com o maior número de golos marcados e menos sofridos, com jogadores ameaçando transferências milionárias, com mais espectadores e carregados por um andor - os adeptos. Como diz Chico Buarque: foi bonita a festa, pá!

Fado Alexandrino said...

Muito obrigado.
Falou, digamos escreveu, muito melhor de que o "velho" Chico.
Um poema em prosa.