9 Apr 2013

Às armas

 

O senhor Lourenço dos Santos é um dos muitos generais portugueses que nunca ganharam uma guerra.

Salazar poupou-os à 2ª Guerra Mundial e depois nas chamadas guerras coloniais conseguiram perdê-las em todas as frentes.
Tem no entanto, como todos os outros, o peito cheio de medalhas.
O Expresso chama-lhe “especialista em assuntos internacionais” e ele ensina-nos sobre o problema que actualmente existe na península Coreana o seguinte:

O patamar de destruição mútua poderia ser de grande dimensão.
Admite a hipótese de um conflito nuclear detonado por acidente.
Verdadeiramente ainda não se sabe a eficiência dos interceptores Patriot.
A Coreia do Norte pode estar a pressionar para obter apoio económico.

Tudo estupendamente assertivo e que vem de Grandes Estudos.
E agora está preocupado com a defesa do País.
Mas quem é quer invadir esta choldra?
Só se for para lhe roubarem a reforma.

2 comments:

Táxi Pluvioso said...

É sempre possível contratar mercenários em vez de ter forças armadas, o filho da Thatcher está desempregado de momemnto.

F.A. said...

Mercenários já eles são todos.
E bem caros.