20 Feb 2013

Não há Proença, avança Mark Clattenburg

Ficou o aviso e, no minuto seguinte (56), a ameaça concretizou-se no 1-0. Alex Sandro ganhou no corpo a corpo a um adversário, galgou terreno e assinou um cruzamento perfeito para uma finalização tão simples como brilhante de João Moutinho
Jornal de Notícias - Porto

5 comments:

Anonymous said...

és é um filho da puta, pá

F.A. said...

Assim falam os adeptos portistas.

LI said...

Que tristeza termos filhos da puta anónimos a comentar este blog.

Era marrares com os cornos no chão e virem-te dizer "bom dia seu filhadaputa, levanta-te e vai trabalhar"

Anonymous said...

é tão fácil arbitrar, com imagens fixas.

F.A. said...

Sim, mas na altura os senhores comentadores tanbém disseram que estava "ligeiramente" adiantado.
Também ontem o penalty que seria a favor do Barcelona só aquele árbitro não viu.
Não me incomoda, só acho estranho como é que um invisual chega a árbitro.