30 Sep 2008

Ana Sara Brito


A vereadora do PS responsável Acção Social da Câmara de Lisboa, que até ao final do ano passado pagava 146 euros de renda à autarquia por uma casa de duas assoalhadas no centro da cidade, na Rua do Salitre, tem uma reforma de cerca de 3350 euros.

Leia aqui o resto desta história .

Nota: Contem linguagem chocante.

29 Sep 2008

As casinhas da Câmara


795 FIFTH AVENUE
Upper East Side, NY
60th & 61st Street

THE PENTHOUSE AT THE PIERRE
The penthouse located at The Pierre Hotel encompasses the top three floors spanning from 41st to 43rd floors. Spectacular 360-degree views of Manhattan are found in this incomparable property.


Não tem os milhões para ser dono desta penthouse?
Não é jornalista de esquerda, nem usa lacinho?
Não tem ninguém amigo na Câmara Municipal de Lisboa?


Então compre o Diário de Notícias, beba uma bica e pense como é bom ter amigos.

28 Sep 2008

Paul Newman


Morreu.
Hoje reviveu neste filme onde, mais uma vez, tem um desempenho sem mácula.
Obrigado.

25 Sep 2008

Pela estrada fora


Não desespere.
Ainda pode chegar a vez da sua terrinha.
Temos todo um ano pela frente.

24 Sep 2008

Pedro Vieira


Hoje, Pedro Vieira, que não faço a mínima ideia de quem é, colocou no maior blog de esquerda, o arrastão dirigido pelo senhor Daniel Oliveira o seguinte post:

Título:
razão tem o nosso primeiro, em seguir os exemplos do país da nokia
Texto:
um só estudante finlandês consegue melhores resultados do que trinta gandulos de alhos vedros.

Faça circular esta informação.

23 Sep 2008

Amargo


Este filme com uma interpretação alucinante dos principais actores, devia ser visto e revisto por aqueles patetas que andam sempre a encher a boca com a despenalização e livre consumo das drogas leves.
Por uma ironia em que o destino é fértil o actor morreu, na vida real, de uma overdose.
Não é recomendado a estômagos sensíveis.

22 Sep 2008

Obama County


The Villages, a vast, upscale planned community north of Orlando, has about 70,000 residentes."Sa-Rah! Sa-Rah!" they chanted at every mention of her name, applauding loudly and waiving tiny American flags that were distributed -- along with free water bottles -- by local volunteers. The fire chief estimated the crowd at 60,000.

Meu Deus, meus senhores, algo tem que ser feito.
A esquerda portuguesa está numa inércia incrível. É verdade que escreve muitos e muitos e muitos artigos nos jornais mas isso não chega.
Falta dar um passo.
Ai vai uma sugestão.
Que tal Freixo de Obama á Cinta para começar?

OLEMA (AP) ― Motorists entering the quaint, woodsy town of Olema near the sea in Marin County may notice a subtle change as they enter: it appears the burg's name has been changed to ''Obama.''

18 Sep 2008

Um americano intranquilo


O senhor doutor Miguel Gaspar é um reputadíssimo jornalista de esquerda do Público.

Hoje faz uma isenta análise da campanha eleitoral nos Estados Unidos.
Começa por nos apresentar uma dos candidatas chamando-lhe “A improvável governadora que está pronta a declarar guerra à Rússia”. Como bem sabemos foi em resposta a uma pergunta e claro está a senhora não disse nada disto.

Sobre o seu colega de coligação não é peco em elogios.
Consegue ver que “
John McCain fez o seu melhor para reforçar esta convicção quando, na segunda-feira, declarou que os fundamentos da economia americana são fortes - uma frase à altura da orquestra do Titanic.”.
Porquê?
Porque “os republicanos conseguiram de facto mudar o tom da corrida eleitoral. A hora é das campanhas negativas e eles jogam melhor esse jogo do que os democratas.”

Nem outra coisa era de esperar de um homem que “
com um populismo sem pudor, McCain lançou-se num discurso contra os "gananciosos de Wall Street" (é um republicano?). O homem que é contra o intervencionismo está pronto a entrar a cavalo na Bolsa de Nova Iorque com a sua vice. Credível?”

Claro que não, dirá o isento jornalista que choroso vê que “.
Em termos eleitorais, isto quer dizer "change" e no sentido do que os democratas andam a defender: mais regulação dos mercados. A vantagem deveria ser toda de Obama.”

Parece que ainda não é.
Que pena o doutor Miguel Gaspar não ser americano,
Já podia votar e poupava-nos a crónicas absolutamente isentas no Público.
O algodão não mente, mas este …

17 Sep 2008

The Owl Farm


A governadora do Kansas . Kathleen Sebelius considerou num discurso proferido em Iowa City que a cor de pele, ou seja a raça do senador Obama pode vir a ser um factor na escolha pelo eleitorado.

A senadora, coitada, nunca esteve em Portugal e não conhece portanto a lei do Bloco de Esquerda e demais esquerdista modernos que ditaram para a acta que não há raças.
A sua retórica pergunta que merece transcrição integral foi:

“Have any of you noticed that Barack Obama is part African-American?”

Ó minha senhora então isso pergunta-se.
Claro que ninguém tinha ainda reparado nisso, inebriados que estão com as profundidades do discurso do futuro presidente da América, como a Clarinha do Expresso já disse.

Verdade que a sua amada esposa parece um bocadinho mulata, mas pode ser dos holofotes.

16 Sep 2008

Tão pobrezinho


O futuro presidente dos Estados Unidos, conforme decisão tomada por braço no ar pelo comité do Bloco de Esquerda, abrilhanta hoje um jantar em Beverly Hills cujo custo por cabeça é de 28,500 dólares.

À sobremesa canta a bárbara lá do sítio, a Streisand.

Fui convidado mas a TAP já não tinha livre nenhum daqueles bilhetes de 64 Euros.

Shine




In this file photo dated March 3, 1967, members of the rock band Pink Floyd, Roger Waters, left, Nick Mason, second from left, Syd Barrett, second from right, and Richard Wright, right, leap from the steps of EMI House in London.
A spokesman for rock group Pink Floyd said Monday, Sept. 15, 2008 that founding member Richard Wright has died after a battle with cancer

Vai dar em nada


Agora que se aproxima a data de leitura da sentença do caso Casa Pia, este é um filme a ver para se perceber o que acontece às crianças que sendo violadas se transformam em adultos.

12 Sep 2008

Este é que sabia


“The first 90 minutes are the most important”

Segundo o DN sport apurou, Carlos Queiroz perguntou, em tom sereno - como é seu apanágio, já que raramente se exalta, aos jogadores no balneário, como tinham sido possíveis aqueles minutos finais.

Portugal perdeu com a Dinamarca depois de ter goleado nos dois jogos anteriores com Malta e uma outra selecção de um país que nem me lembro qual é.
Ora a serenidade é uma virtude muito boa para o xadrez e mesmo para a bisca lambida, mas em futebol conta mais a agressividade.

E por isso me lembrei deste grande homem, deste grande treinador, deste grande futebolista que berrava, gesticulava e atirava com a gabardine ao chão, danado por os jogadores não fazerem aquilo que ele queria e que faria se tivesse menos uns anos.

Esperemos que na Suécia se a coisa começar a correr mal, Queiroz siga os avisados conselhos deste Sir, e por isso mesmo aqui vai mais um.

"Anything from 1-0 to 2-0 would be a nice result"

Baggy Pants







Este grupo de jovens foi detido por usaram as calças nos preparos que se pode ver na foto e ler na descrição da polícia.
Clique para ler em detalhe.

Na América é um bocadinho diferente de cá.
As fotos e toda documentação da detenção são logo tornadas públicas.

6 Sep 2008

Teste


Em cinco segundos diga o nome de quem foi escolhido para vice-presidente de Obama

3 Sep 2008

Garanhão Português


Quando Joe Biden perdeu tragicamente a esposa e a filha num acidente de carro em 1972 ninguém no senado o aconselhou a ir para casa para ajudar a criar os dois filhos que tinham sobrevivido.
E quando a sua segunda esposa deu à luz uma menina ninguém pensou em lhe pedir que ficasse em casa a tratar do bebé.
Esta e a opinião de Andrea Peyser.

Mas claro que para um sim há sempre um não, para um inteligente um grunho e por aí fora.
E por isso Ferreira Fernandes, um adepto infantil de Obama, hoje no jornal onde escreve aconselha:

então, escolhe-se dar à luz um bebé com uma deficiência grave e, tendo ele cinco meses, escolhe-se a dedicação total que o cargo de vice-presidente pede?

Mas este garanhão não está isolado.
O grande historiador Rui Tavares, outro adepto infantil de Obama, descreve a senhora Palin, de uma maneira irrepreensivelmente histórica.
Leiam:

Mas atingiu o cume com a sua candidatura a vice-presidente uma figura sem opiniões ou pensamento sobre nada, nomeada pelos exclusivos factos de ser mulher e religiosa.

Custa francamente aceitar que um insignificante cujo maior contributo para a sociedade é escrever umas croniquetas num jornal que passada a fronteira portuguesa ninguém sabe o que é, analisar assim a Governadora de um estado que é simplesmente o maior dos Estados Unidos, o sexto em riqueza per capita e cujo produto bruto em 2005 foi de 40 biliões de dólares.

Tão pequeninos e mesquinhos!

2 Sep 2008

Dos Jornais


Se não deu na tv não aconteceu!

Esta frase dita não me lembra por quem reproduz fielmente o que é hoje (parte) da informação.A esmagadora maioria da população ou não tem dinheiro ou é analfabeta funcional e portanto não pode ter acesso aos jornais.

Acontece que a informação nas televisões como aqui (*)se diz é baseada no critério das audiências e essas invariavelmente puxam o produto para o mais rasteiro e simplório que se possa imaginar.
Então se passarmos aos programas da manhã e da tarde tipo Júlias Pinheiro,Fátimas Lopes, Goucha, Ramos, Mayas e toda aquela panóplia de perfeitos inúteis a fasquia desce para zero.
Mas é aquilo que aparentemente o povinho quer, dá audiências, nada os fará mudar de rumo.

Quanto aos jornais, o primeiro problema é não assumirem uma linha editorial de direita ou de esquerda.Misturam tudo, misturam cronistas e acabam por não ter respeitabilidade nenhuma.As suas edições on-line são confrangedoras, mesmo aquelas que são pagas vêm todos os dias crivadas de erros.

Mas o principal problema para os jornais e por tabela para os fazedores de opinião é a internet e a explosão dos blogs.
É aqui que se encontram os diálogos mais estimulantes, as melhores notícias, e as grandes novidades.
Acontece ainda que é aqui que estão os leitores que podem fazer a diferença propagando os eventos em rede.
E assim, a importância que tinham, e por tabela os jornalistas, desapareceu.
Habituem-se!

(*)Este post foi suscitado por um artigo de Daniel Oliveira que podem ler aqui .